Última hora

Última hora

UE prepara posição comum sobre a reforma financeira mundial

Em leitura:

UE prepara posição comum sobre a reforma financeira mundial

Tamanho do texto Aa Aa

Definir uma posição comum a apresentar em Washington na semana que vem. Este é o objectivo da cimeira europeia extraordinária desta sexta-feira, em Bruxelas.

A presidência francesa da União preparou um documento com as grandes linhas a seguir, como reforçar e aumentar a vigilância financeira ou aumentar o papel do Fundo Monetário Internacional na regulação.

A União Europeia quer convencer os Estados Unidos e os restantes países do G-8 e do G-20 a refundarem o capitalismo. Mas a margem de manobra é reduzida, estima o analista Daniel Gros: “A única coisa a fazer é reformular a governação do FMI, do Banco Mundial e das outras instituições financeiras internacionais. Mas a solução é muito simples e toda a gente a conhece: temos de ter um assento para a zona euro, no FMI, com um peso muito mais pequeno, e um peso muito maior para a China.”

Apesar de a crise financeira ter conseguido unir os Vinte e Sete, as divergências voltam a sentir-se. Certos países consideram o documento demasiado “detalhado” e recaiam uma sobre-regulação. Outros, como a Alemanha, começam a ver a emergência de um “governo europeu” – algo a evitar a todo o custo.