Última hora

Última hora

Palin rejeita responsabilidades na derrota republicana

Em leitura:

Palin rejeita responsabilidades na derrota republicana

Tamanho do texto Aa Aa

Terminada a campanha presidencial norte-americana, é tempo de balanço no campo republicano.

Criticada por muitos, a número dois de John McCain, Sarah Palin, rejeita as afirmações dos que lhe apontam o dedo e a culpam pela derrota.

Questionada sobre rumores quanto a divisões no partido republicano, a Governadora do Alasca foi categórica: “Isso é totalmente falso. não há cisão. Nem sei com quem seria a cisão. Não seria com certeza com a gente dele, ou com as pessoas quem eu trabalho, Isso é totalemnete falso”.

Aos 44 anos, Palin saíu do quase anonimato quando, para surpresa geral, foi escolhida por McCain como candidata à vice-presidência. Apesar de uma campanha marcada por polémicas há quem ainda preveja um apapel maior para a dirigente conservadora.

Goste-se ou não de Sarah Palin, a governadora do Alasca acabou por se revelar um fenómeno de popularidade durante a campanha republicana, tendo chegado a mobilizar maiores multidões do que o próprio McCain. Para já, o seu futuro político é uma incógnita.