Última hora

Última hora

Conflito no leste da R.D. Congo pode alastrar-se a toda a região

Em leitura:

Conflito no leste da R.D. Congo pode alastrar-se a toda a região

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto os confrontos voltam a fazer erupção na província de Kivu Norte, os líderes africanos tentam sob a égide da ONU encontrar uma solução para pôr um ponto final no conflito no leste da República Democrática do Congo.

A cimeira internacional, que decorreu em Nairobi, no Quénia, contou com a participação de sete líderes, entre os quais se encontram os presidentes da República Democrática do Congo, Joseph Kabila, e do Ruanda, Paul Kagame. O comissário europeu para o Desenvolvimento e Ajuda Humanitária, Louis Michel, também esteve presente.

Durante a reunião o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, afirmou que a missão da ONU vai continuar “a trabalhar com o governo congolês e com as outras partes do conflito para garantir que o máximo número de civis está protegido.” No entanto, sublinhou que “a MONUC está no limite das suas capacidades.”

Ban Ki-Moon alertou ainda para os riscos de o conflito na província de Kivu Norte poder alastrar-se a toda a região do continente africano, o que provocaria uma nova catástrofe humanitária.