Última hora

Última hora

Deutsche Post corta mais empregos na DHL

Em leitura:

Deutsche Post corta mais empregos na DHL

Tamanho do texto Aa Aa

A Deutsche Post vai cortar 9500 postos de trabalho na filial de entregas rápidas DHL, nos Estados Unidos. Estes cortes no quadro de pessoal somam-se aos 5400 que tinham já sido anunciados.

Segundo um relatório do Deutsche Bank, as perdas registadas este ano pela filial do gigante alemão dos correios foram de quase mil milhões de euros.

O presidente da Deutsche Post, Frank Appel, justifica a medida com a actual crise: “Com certeza que sentimos as consequências da crise financeira. Quem lê os jornais todos os dias pode constatar que a procura está em baixa. A nível global, prevemos uma quebra no volume do sector e, por conseguinte, da nossa actividade”.

Além dos cerca de 15.000 empregos ameaçados pela decisão, os cortes põem em risco mais 20.000 empregos indirectos.

A Deutsche Post vai em breve apresentar contas relativas ao último trimestre. Calcula-se que os números estejam no vermelho, sobretudo por culpa dos custos da reorganização da filial americana da DHL.