Última hora

Última hora

Espanha não reforça efectivos no Afganistão

Em leitura:

Espanha não reforça efectivos no Afganistão

Tamanho do texto Aa Aa

A Espanha não pretende aumentar os seus efectivos no Afganistão, disse o chefe da diplomacia espanhola, Miguel Angel Moratinos. Uma declaração que está a ser interpretada como uma resposta às intenções de Obama de aumentar o esforço militar, naquele país.

A ministra da Defesa, Carme Chacon, deslocou-se ao Afganistão para homenagear os dois militares mortos e acompanhar a transladação dos corpos para Espanha. Os soldados foram vítimas de um atentado suicida.

O repatriamento dos cadáveres e de um terceiro soldado ferido estava previsto para esta tarde. Madrid pode, no entanto, manter a colaboração com a força internacional, noutros aspectos que não impliquem o reforço dos efectivos. Nas últimas semanas, a ofensiva taliban tem criados problemas acrescidos à força da Nato.