Última hora

Última hora

Conselho de peritos aconselha Estado alemão a gastar mais

Em leitura:

Conselho de peritos aconselha Estado alemão a gastar mais

Tamanho do texto Aa Aa

Berlim vai ter que abrir os cordões à bolsa, para poder escapar à recessão. A Alemanha, maior economia da Europa, tem que aumentar as despesas do Estado para estimular o crescimento.

É essa a conclusão do conselho de cinco peritos que o governo de Angela Merkel contratou para analisar a economia do país, que está à beira da recessão.

As previsões para o próximo ano diferem. Se o governo prevê um crescimento de 0,2%, já para o conselho de peritos, a economia vai ter um crescimento zero. O FMI é mais pessimista, ao prever uma quebra no PIB de 0,8%.

“Estamos a viver um momento em que é difícil prever a conjuntura correctamente. Não há uma grande diferença entre as previsões do governo e as dos peritos. Os 0,2% estão na margem de erro estatística”, disse a chanceler alemã.

A juntar à crise de crescimento, prevê-se um aumento do desemprego no próximo ano, o que deve penalizar os números do consumo, que estão já em queda.

A produção industrial está também a passar um mau momento, com várias fábricas a pararem temporariamente a produção, para fazer face à crise na procura.