Última hora

Última hora

Bruxelas aprova compra da Alitalia

Em leitura:

Bruxelas aprova compra da Alitalia

 Bruxelas aprova compra da Alitalia
Tamanho do texto Aa Aa

Não é ao consórcio de empresários italianos que comprou a Alitalia que cabe pagar o empréstimo de trezentos milhões de euros ao Estado.

É o veredicto da comissão europeia que esta quarta-feira deu luz verde ao negócio que permitiu salvar a companhia aérea italiana da falência.

O comissário europeu para os transportes, Antonio Tajani, afirmou que o empréstimo deverá ser reembolsado pela Alitalia e declarou que a venda dos activos deverá ser feita ao preço do mercado porque a empresa não tem bens para garantir o crédito.

O caminho para a recuperação da empresa está aberto mas problemas não faltam.

Esta quarta-feira, cinquenta voos da Alitalia foram cancelados devido a uma greve espontânea iniciada há dois dias.

Os trabalhadores da companhia opõem-se ao contrato de trabalho proposto pelo Consórcio Aéreo Italiano (CAI).

A recuperação da companhia aérea passa pela fusão com a Air One. O arranque da nova Alitalia está previsto para Dezembro.