Última hora

Última hora

Gates denuncia "provocações" de Moscovo

Em leitura:

Gates denuncia "provocações" de Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

O secretário da Defesa dos Estados Unidos classificou de “provocação” a postura de Moscovo face ao projecto do sistema anti-míssil norte-americano na Europa de Leste.

Robert Gates condenou o Kremlin durante uma reunião informal da NATO em Tallin para discutir uma eventual adesão da Ucrânia.

No dia 5, o presidente russo Dmitri Medvedev ameaçou colocar mísseis na região de Kaliningrado se Washington avançar com o sistema anti-míssil na Polónia e na República Checa.

Gates considera que “o comportamento recente da Rússia é preocupante. Poucas horas depois das eleições norte-americanas, o presidente russo respondeu com a ameaça de mísseis em Kaliningrado”. O secretário da Defesa sublinha que “dificilmente constitui as boas vindas que a nova administração merece”, acrescentando que “comentários provocadores são desnecessários e errados”.

Numa entrevista ao diário francês Le Figaro, Medvedev disse que se os Estados Unidos abandonarem o projecto para os territórios checo e polaco, a Rússia desistirá de enviar mísseis para junto das fronteiras polaca e lituana.

O presidente russo acrescentou que o Kremlin também está disposto a equacionar com Washington e com os países da união Europeia um “sistema de segurança global”.