Última hora

Última hora

Bancos centrais defendem acções concertadas

Em leitura:

Bancos centrais defendem acções concertadas

Tamanho do texto Aa Aa

Os banqueiros centrais estão prontos a fazer mais para evitar o prolongamento da crise. A garantia foi deixada pelo presidente da Reserva Federal americana, Ben Bernanke, que se juntou ao presidente do Banco Central Europeu, Jean Claude Trichet e a dirigentes de todo o mundo numa reunião em Frankfurt.

Bernanke lembrou o esforço de união que está a ser feito: “A actual crise financeira e o abrandamento económico foram uma ocasião para uma coordenação internacional de políticas sem precedentes na Europa. Além disso, o corte coordenado nas taxas de juro foi um sinal forte que enviámos ao público e aos mercados da nossa determinação em agir juntos face aos desafios económicos globais”, disse o homem-forte da Fed.

Esta reunião antecede a cimeira, em Washington, do G-20, um grupo que inclui os países mais industrializados do mundo e um grupo de economias emergentes.