Última hora

Última hora

Parlamento russo aprova extensão do mandato presidencial

Em leitura:

Parlamento russo aprova extensão do mandato presidencial

Tamanho do texto Aa Aa

A câmara baixa do parlamento russo aprovou a extensão do mandato presidencial de quatro para seis anos.

Daqui a cinco dias, a emenda à constituição volta a ser analisada pla assembleia onde o partido Rússia Unida do primeiro-ministro Vladimir Putin tem uma confortável maioria.

O líder do partido comunista russo, Gennady Zyuganov, é contra a nova legislação:

“Penso que não deviam propor estas leis mas antes renovar a equipa que se ocupa da economia e das finanças. A actual equipa não está a ser capaz de facer face à crise e anuncia-se uma quebra mais severa para o início do ano”

A medida não terá efeitos imediatos no actual mandato de Dimitri Medvedev mas a imprensa russa avança que o chefe de Estado poderá pedir demissão, para permitir a recandidatura de Valdimir Putin.

O governo russo afirma que os quatro anos do actual mandato não chegam para levar a cabo reformas sérias.

Esta quarta-feira, o próprio Putin considerou que era demasiado cedo para saber quem beneficiará com a emenda constituicional, sugerindo assim que não excluía a possibilidade de poder tirar partido da situação.