Última hora

Última hora

Polícia francesa deteve alto dirigente da ETA

Em leitura:

Polícia francesa deteve alto dirigente da ETA

Tamanho do texto Aa Aa

Golpe duro contra a ETA esta segunda-feira. As forças de segurança francesas detiveram na última madrugada o presumível líder operacional da organização separatista basca.

Garikoitz Aspiazu Rubina, de 35 anos, também conhecido como Txeroki foi detido na companhia de uma mulher que foi identificada como Leire López Zurutuza, que também pertencerá ao grupo armado. O casal foi preso numa estância turística dos Pirinéus na vila de Cauterets, no sudoeste de França. Aspiazu é apontado como responsável pela morte de dois agentes policiais há um ano, na mesma região onde foi detido. O chefe etarra também é acusado de ter comandado o atentado que em 2006 resultou na morte de duas pessoas no aeroporto internacional de Madrid e que pôs termo a quase um ano de trégua. O primeiro-ministro espanhol José Luis Rodriguez Zapatero considerou que “com esta detenção a ETA recebeu um importante golpe na sua organização e na sua capacidade”, adiantando que “hoje a ETA está mais débil e a democracia espanhola está mais forte”. Txeroki foi detido na squência de uma operação especial. A ministra francesa do interior afirmou que o activista basco será extraditado.