Última hora

Última hora

Bogotá decreta estado de emergência social

Em leitura:

Bogotá decreta estado de emergência social

Tamanho do texto Aa Aa

Está decretado do estado de emergência social na Colômbia. O governo adoptou medidas para enfrentar o fenómeno das “pirâmides financeiras”, que prometem rendimentos exorbitantes por fora do sistema bancário e que geraram um autêntico furor no país. Milhares de pessoas perderam consideráveis somas de dinheiro.

Fabio Valencia, ministro do Interior, levantou o véu sobre algumas das medidas. “O governo declarou a emergência social e vai implementar medidas para impedir os investidores e o desenvolvimento destas instituições não autorizadas. Vamos confiscar activos destas companhias e devolver dinheiro aos investidores na medida do possível”, declarou. De acordo com dados oficiais, nos últimos três anos funcionaram no país pelo menos 240 bancas paralelas que terão arrecadado 600 milhões de euros e entraram em colapso por não conseguirem cumprir as promessas de elevados rendimentos. Em várias cidades do país foi necessário decretar recolher obrigatório para conter os distúrbios de pessoas enganadas. Tumultos nos últimos dias provocaram pelo menos três mortos.