Última hora

Última hora

Ajuda é só para grupos financeiros, diz Paulson

Em leitura:

Ajuda é só para grupos financeiros, diz Paulson

Tamanho do texto Aa Aa

O secretário norte-americano do Tesouro, Henry Paulson, lançou um alerta esta terça-feira: o pacote de ajuda de Washington destina-se exclusivamente ao sector financeiro e não pode ser usado por empresas de outros sectores. A ideia foi deixada na audiência perante a comissão de serviços financeiros do Congresso. “Vimos o que estava a acontecer com a economia, discutimos o assunto e demos os passos necessários, mas a economia continuou a piorar”, disse Paulson.

O plano estatal contra a crise implica 700 mil milhões de dólares e consiste em aliviar as instituições dos activos que apresentam maiores riscos. É um plano defendido também pelo presidente da Reserva Federal, Ben Bernanke: “O valor deste plano, em termos de promover a estabilidade financeira, já foi demonstrado. Estas acções, aqui e noutros países, ajudaram a restaurar a confiança nas empresas financeiras”.

Bernanke deixou um aviso: o mercado do crédito, mesmo se se estabilizar, vai continuar a ser palco de tensões importantes. As declarações dos dois dirigentes chegam numa altura em que uma empresa não-financeira, a General Motors, está também à procura de ajuda estatal.