Última hora

Última hora

Ruandeses protestam contra detenção de Rose Kabuye

Em leitura:

Ruandeses protestam contra detenção de Rose Kabuye

 Ruandeses protestam contra detenção de Rose Kabuye
Tamanho do texto Aa Aa

Os ruandeses protestam em Kigali e noutras cidades do Ruanda.

Dezenas de milhares de pessoas sairam à rua para denunciar a Alemanha e a França pela detenção de Rose Kabuye.

A directora de protocolo do presidente ruandês Paul Kagamé foi presa a 9 de Novembro no aeroporto de Frankfurt e deverá ser extraditada hoje para Paris, apesar dos protestos das autoridades ruandesas junto das Nações Unidas.

A justiça francesa tinha emitido um mandado de captura internacional e acusa Kabuye de envolvimento no atentado contra o avião que transportava o presidente Juvenal Habyarimana em 2004.

O incidente, que resultou na morte do então chefe de Estado e de outras pessoas incluindo três tripulantes franceses, foi o ponto de partida para o genocídio do Ruanda. Uma campanha militar de milícias hutus contra a etnia tutsi que se saldou na morte de 800.000 pessoas naquele país da África central.