Última hora

Última hora

Ruandeses protestam contra França e Alemanha

Em leitura:

Ruandeses protestam contra França e Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

A detenção da chefe de protocolo da presidência ruandesa está a revoltar a população do Ruanda. Dezenas de milhares de manifestantes saíram às ruas da capital kigali para protestar contra a França e a Alemanha, os dois Estados envolvidos na prisão de Rose Kabuye.

A França acusa ainda outros oito altos dirigentes associados ao actual Governo ruandês de implicação no assassínio do antigo presidente Juvenal Habyarimana.

A justiça francesa tinha emitido um mandado de captura internacional e acusa Kabuye, que foi esta quarta-feira extraditada para Paris, de envolvimento no atentado contra o avião que transportava o antigo presidente em 2004.

O incidente resultou na morte do então chefe de Estado e de outras pessoas, incluindo três tripulantes franceses, e foi o ponto de partida para o genocídio do Ruanda. Durante cerca de três meses de limpeza étnica, uma milícia de extremistas hutu matou mais de meio milhão de pessoas, principalmente membros da minoria tutsi.