Última hora

Última hora

Espanha confirma crescimento negativo

Em leitura:

Espanha confirma crescimento negativo

Tamanho do texto Aa Aa

A Espanha confirmou a primeira contracção da economia dos últimos 15 anos. O PIB espanhol encolheu 0,2% no terceiro trimestre deste ano, conforme tinha já sido previsto.

Este crescimento negativo segue-se a um ganho de apenas 0,1% no trimestre anterior. A Espanha aproxima-se da recessão, que atinge já vários países europeus e também o total da Zona Euro. O fim do boom imobiliário causou uma crise no sector da construção civil, que ajuda a explicar este enfraquecimento da economia.

Em Espanha, este sector teve um tombo de quase 16%, no terceiro trimestre, relativamente ao mesmo período do ano pasado. Uma queda muito maior que a de países como a França ou a Alemanha, ou o total da Zona Euro, onde houve um enfraquecimento de 2,8%.

A Espanha entra assim em terreno negativo, depois de ter sido, durante uma década, a economia em maior expansão de toda a Eurozona. O desemprego, que é o mais alto em toda a União Europeia, está a fazer caír o consumo das famílias. Os números do quarto trimestre devem confirmar a recessão.