Última hora

Última hora

Bolsa norte-americana cede a temor de recessão e deflação

Em leitura:

Bolsa norte-americana cede a temor de recessão e deflação

Tamanho do texto Aa Aa

Wall Street voltou a caír esta quinta-feira, depois da Reserva Federal rever em baixa as perspectivas de crescimento económico nos Estados Unidos.

O índice Dow Jones recuou 5%, encerrando abaixo dos 8 mil pontos pela primeira vez em 15 anos.

Com os grandes da indústria automóvel ainda à espera da aprovação de um plano de resgate no Senado, a cotação da Ford perdeu quase um quarto do valor em apenas uma sessão.

Mas os dados divulgados hoje pela Fed mostram um panorama económico cinzento para o próximo presidente norte-americano, Barack Obama que poderá enfrentar um clima de recessão.

O sector imobiliário, assim como o das vendas a retalho regista uma baixa acentuada. O desemprego atingiu o nível mais alto dos últimos 13 anos, situando-se nos 6,5%.

Com uma baixa simultânea da oferta e da procura a criar um risco de deflação, a Fed prevê voltar a baixar as taxas de juro em Dezembro. Os analistas pedem já um plano de relançamento económico para evitar que a situação se agrave.