Última hora

Última hora

Câmara de Amesterdão quer fechar 50 "coffee shops" até 2011

Em leitura:

Câmara de Amesterdão quer fechar 50 "coffee shops" até 2011

Tamanho do texto Aa Aa

A venda de drogas leves em cafés de Amesterdão parece estar cada vez mais ameaçada.

Depois da entrada em vigor das leis anti-tabaco, que também abrangem as “coffee shops”, a câmara da capital holandesa decidiu proibir a presença destes estabelecimentos perto das escolas.

O presidente da câmara explica que até 2011 as “coffee-shops” não poderão situar-se a menos de 250 metros das escolas secundárias.

Isto quer dizer que pelo menos 50 “coffee shops” em Amesterdão devem encerrar nos próximos três anos.

A ver vamos se assim será pois o presidente da câmara já prometeu outras alterações ao funcionamento do comércio na cidade que até agora não resultaram: é o caso da lei anti-tabaco – entrou em vigor no primeiro semestre deste ano continua-se a fumar dentro e fora das “coffee-shops”.

No ano passado, surgiu uma medida camarária que previa acabar com o Bairro Vermelho mas até agora não teve efeitos práticos.