Última hora

Última hora

Ex-presidente do BPN constituído arguído

Em leitura:

Ex-presidente do BPN constituído arguído

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo presidente do Banco Português de Negócios, José Oliveira e Costa, foi constituído arguído.

A polícia deteve quinta-feira à noite o antigo secretário de Estado dos Assuntos Fiscais e presidente do BPN entre 1997 e Fevereiro deste ano. O interrogatório prolongou-se por dois dias. Oliveira e Costa é suspeito de quatro crimes: burla, falsificação de documentos, fraude fiscal e branqueamento de capitais.

A notícia da nacionalização do BPN supreendeu o meio económico português, no início deste mês. Foi a primeira vez que o Governo tomou uma medida destas desde a onda de nacionalizações de 1975.

A razão invocada foi a má gestão do banco, agravada pela crise financeira, que levou a um buraco de 700 milhões de euros nas contas. Esta crise está a pôr em xeque o lugar de Vítor Constâncio, governador do Banco de Portugal.