Última hora

Última hora

Philips despede 1.600 trabalhadores

Em leitura:

Philips despede 1.600 trabalhadores

Tamanho do texto Aa Aa

A Philips vai despedir 1.600 trabalhadores do sector médico.

O anúncio foi feito este sábado, pelo porta-voz da empresa. A divisão médica tem 32 mil profissionais, em todo o mundo.

Uma supressão de quadros que se deve à quebra na procura.

A notícia surgiu poucas horas depois de o governo ter anunciado um plano de apoio à economia holandesa.

Na noite de sexta-feira, o primeiro-ministro anunciou a injecção de 6 mil milhões de euros, para ajudar as empresas a enfrentar a crise.

“É um impulso extraordinário para fazer face aos efeitos directos da crise do crédito. Vamos dar mais dinheiro porque o governo quer promover negócios, para a economia respirar melhor. Pensamos também alargar prazos fiscais o que será um bom instrumento de ajuda às empresas”, disse o chefe do Governo.

A economia holandesa passa por dificuldades, que começaram com a falência técnica de um dos seus principais bancos, o Fortis. Uma falência evitada pela intervenção pública.