Última hora

Última hora

Presidente da Georgia acusa russos

Em leitura:

Presidente da Georgia acusa russos

Tamanho do texto Aa Aa

Sakaashivile acusa as forças russas de terem disparado sobre a comitiva que o conduzia, na companhia do seu homólogo polaco.

Os dois presidentes comemoravam o quinto aniversário da revolução geogiana, que levou Sakaassivile ao poder.

As comemorações foram ensombradas pela acção da oposição. Quando os dois presidentes se aproximaram da Ossétia, houve tiros. Mas subsistem versões diferentes do incidente.

Sakaashivile e o seu homólogo polaco garantem que foram as forças russas que dispararam.

“Em resposta à sua pergunta, como é que eu sei eram os russos que estavam a disparar? Porque eu ouvi os tiros e porque ouvi outras pessoas, incluindo o sr. Presidente (de Georgia) dizerem que os pontos de controle dos russos eram ali, e portanto, seriam eles”, disse o presidente polaco.

Ele garantiu ainda que ouviu os soldados a falar russo, língua que os ossetas também falam.

Para além da versão oficial, há uma outra. Os tiros, de acordo com esta segunda versão, terão sido disparados para o ar, por milícias ossetas.

Do que não restam dúvidas e da acção da oposição que aproveitou a data, para mais uma manifestação, contra o presidente da Georgia.