Última hora

Última hora

Ataque fracassado contra presidente da Guiné-Bissau

Em leitura:

Ataque fracassado contra presidente da Guiné-Bissau

Tamanho do texto Aa Aa

Fracassou o plano para matar “Nino” Vieira. O presidente da Guiné-Bissau está em parte incerta mas, segundo o chefe do Estado-Maior do Exército, encontra-se bem e estava dentro de casa no início do ataque.
 
Um segurança morreu na operação desencadeada por um grupo de homens vestidos de militar. Há registo de mais um ferido.
 
O ministro da Administração Interna, Cipriano Cassama, garante que “descobriram essa tentativa” de golpe de Estado e estavam preparados. “Se não tivessem tomado as medidas necessárias”, o presidente não estaria vivo.
 
Cassama garante ainda que foram detidas várias pessoas.
 
O ataque contra “Nino” Vieira acontece uma semana depois das legislativas e dois dias depois de serem conhecidos os resultados provisórios.
 
O Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde continua a dominar a cena política, conquistando dois terços do Parlamento.
 
A formação do ex-primeiro-ministro Aristides Gomes só conseguiu três assentos. Os números definitivos serão conhecidos na quarta-feira