Última hora

Última hora

Residência de "Nino" Vieira atacada por militares

Em leitura:

Residência de "Nino" Vieira atacada por militares

Tamanho do texto Aa Aa

O Estado-Maior do Exército garante que situação na Guiné-Bissau está “sob controlo” depois do ataque desta madrugada contra a casa do presidente “Nino” Vieira.

A acção, protagonizada por um grupo de militares, terá resultado num morto e vários feridos.

A União Africana mostrou-se preocupada com a “degradação da situação” na Guiné-Bissau e rejeitou qualquer tentativa de tomada de poder pela força.

O ataque contra “Nino” Vieira acontece uma semana depois das legislativas e dois dias depois de serem conhecidos os resultados provisórios.

O Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde continua a dominar a cena política, conquistando dois terços do Parlamento.

A formação do ex-primeiro-ministro Aristides Gomes, próximo de “Nino” Vieira, só conseguiu três assentos. Os números definitivos serão conhecidos na quarta-feira.