Última hora

Última hora

Brown defende reforma fiscal na Grã-Bretanha

Em leitura:

Brown defende reforma fiscal na Grã-Bretanha

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, defendeu uma nova política fiscal para relançar a economia. O discurso de Brown antecedeu o anúncio de uma série de medidas, que vai ser feito esta tarde pelo ministro das Finanças Alistair Darling.

“Não agir agora seria não só um falhanço da política económica, como também um falhanço da liderança. Fazer pouco e tarde significaria estragos, deterioração e a perda de negócios importantes. Significaria uma economia mais fraca, um crescimento mais baixo e problemas fiscais agravados, com taxas de juro mais altas e impostos mais severos”, disse o primeiro-ministro britânico. A medida mais importante do pacote anunciado por Darling é uma redução do IVA em 2,5 pontos. No entanto, Brown avisou que, depois de os problemas económicos estarem resolvidos, os impostos iriam subir. Vai, nomeadamente, haver uma subida dos impostos nos escalões mais altos, a partir de 2011. Para já, a prioridade é estimular o consumo, numa altura em que os preços caem e muitas lojas começaram já saldos de Natal antecipados.