Última hora

Última hora

Londres emitiu os primeiros BI

Em leitura:

Londres emitiu os primeiros BI

Tamanho do texto Aa Aa

Arrancou esta terça-feira a primeira etapa do projecto de introdução de bilhetes de identidade obrigatórios no Reino Unido. Um programa controverso que irá custar milhares de milhões de libras aos cofres britânicos e que os críticos afirmam representar uma intromissão nas liberdades individuais da população. Os novos cartões biométricos contêm a impressão digital, fotografia facial e dados pessoais do portador.

Inicialmente, a medida vai ser aplicada a cidadãos estrangeiros não pertencentes à Comunidade Económica Europeia, incluindo estudantes que pretendam viver temporariamente no país. Mas o Governo pretende que até 2015 cerca de 90 por cento da população esteja abrangida pelo novo BI. Os primeiros cidadãos britânicos obrigados ao novo método de identificação vão ser os trabalhadores dos aeroportos de Manchester e de Londres. As questões de segurança com que o Reino Unido se tem confrontado nos últimos tempos, são apresentadas como uma justificação para introduzir uma medida que chegou a ser posta em prática durante a Primeira Grande Guerra. Os partidos da oposição prometem abandonar a ideia caso cheguem ao poder.