Última hora

Última hora

Protestos encerram aeroporto internacional de Banguecoque

Em leitura:

Protestos encerram aeroporto internacional de Banguecoque

Tamanho do texto Aa Aa

Intensificam-se os confrontos entre apoiantes e opositores do Governo tailandês nas ruas de Banguecoque. Pelo menos dez pessoas ficaram feridas esta terça-feira na sequência de trocas de tiros entre as duas facções. Há dois dias consecutivos que milhares de manifestantes tentam derrubar o executivo liderado pelo primeiro-ministro Somchai Wongsawat, sediado temporariamente no aeroporto mais antigo da capital.

Os contestatários fazem parte de um grupo civil apoiante do rei, que acusa a actual administração de continuar as políticas de Thaksin Shinawuatra, primeiro-ministro deposto pelos militares em 2006. Nas últimas horas um grupo de centenas de membros da Aliança Para a Democracia também invadiu o aeroporto internacional de Banguecoque obrigando à suspensão das operações. Os manifestantes pretendem receber o chefe de Governo, que esta quarta-feira regressa ao país proveniente de Lima onde participou na cimeira da Ásia Pacífico. Mas as autoridades já informaram que o governante utilizará outro local para regressar.