Última hora

Última hora

Obama anuncia plano de cortes orçamentais

Em leitura:

Obama anuncia plano de cortes orçamentais

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama começa lentamente a assumir a posição de chefe de Estado. Pelo segundo dia consecutivo, o presidente eleito, realizou uma conferência de imprensa centrada sobre as questões económicas. Ontem apresentou a sua equipa, hoje determinou as prioridades da sua política, evocando um plano de cortes orçamentais, que, assegurou, não passarão por um plano de austeridade, fazendo da segurança social, da educação e do emprego uma prioridade. “A reforma orçamental não é uma opção, é uma necessidade. Não podemos manter um sistema que desperdiça bilhões de dólares de dinheiro dos contribuintes em políticas que deixaram de ser úteis ou que existem apenas graças ao poder dos homens políticos, não podemos continuar a pagá-las. Não se trata de ser um grande ou um pequeno governo. Trata-se de construir um governo mais astuto que se concentra apenas no que é viável”.

Obama sublinhou que qualquer plano de resgate económico futuro passará por uma garantia de viabilidade e rentabilidade, uma crítica encapotada às medidas aplicadas por Bush. Paralelamente, a nova administração prepara um projecto para criar 2,5 milhões de empregos. A modernização da segurança social, da educação e das infraestruturas vão fazer parte da lista de prioridades do próximo orçamento. Obama revelou hoje um novo nome da sua equipa, Peter Orszag vai ocupar-se do orçamento, prometendo uma revisão “sensata” da despesa pública. Os dados revelados ontem mostram um novo abrandamento na economia do país, com o consumo a registar uma queda para o nível mais baixo dos últimos 28 anos.