Última hora

Última hora

Baixas ocidentais em Bombaim continuam por definir

Em leitura:

Baixas ocidentais em Bombaim continuam por definir

Tamanho do texto Aa Aa

A sorte dos turistas ocidentais apanhados nos ataques desta quarta-feira em Bombaim continua a ser difícil de avaliar.

Parte da cidade transformou-se num cenário de guerra e uma delegação da Comissão Europeia foi apanhada pelo caos mas sem consequências de maior. “Estamos muto preocupados com o que está a acontecer aos nossos cidadãos. Acontece que tínhamos uma delegação de 20 pessoas em Bombaim, também do Parlamento Europeu. Por isso é que eu vim de Deli. Estive a noite toda ao telefone com eles para garantir que estavam todos bem. E acho que estão todos a salvo”, declarou Daniele Samdja, embaixadora da UE na Índia.

Enquanto não há estimativas globais, cada país envolvido vai tentando perceber a situação dos seus cidadãos, sobretudo através dos serviços consulares.

Muitos turistas que não foram directamente afectados pela violência dos atentados tentam sair do país.

Londres confirmou um morto e há também notícia de uma alemão, um japonês e um australiano entra as baixas.

Até ao momento não há notícia de rupturas ou de perturbações de tráfego a partir de Bombaim embora algumas companhias europeias, como a Air France tenham cancelado os dois voos desta quinta-feira para esse destino