Última hora

Última hora

Tailândia: Manifestação contra "golpe de Estado disfarçado"

Em leitura:

Tailândia: Manifestação contra "golpe de Estado disfarçado"

Tamanho do texto Aa Aa

Para denunciar o “golpe de Estado disfarçado” pretendido pela Oposição, milhares de apoiantes do Governo tailandês manifestaram-se em Banguecoque.
Uma manifestação convocada pela Aliança Democrática contra a Ditadura, que reúne os simpatizantes do ex-primeiro-ministro da Tailândia, Thaksin Shinawatra, que é acusado de controlar à distância o actual chefe de Governo, de quem é cunhado.
Com base nesta acusação, há meses que a Oposição pede a demissão do primeiro-ministro Somchai Wongsawat. Em Agosto, simpatizantes da Aliança do Povo para a Democracia tomaram de assalto a sede do Governo. Há alguns dias ocupam também dois
aeroportos de Banguecoque.
Um engenho explosivo foi lançado, no sábado, contra os ocupantes do edifício governamental, provocando 50 feridos. O ataque ocorreu após os apoiantes do partido terem agredido polícias junto a um aeroporto.
Com barras de ferro e bastões, alguns grupos obrigaram mais de uma centena de agentes anti-motim a abandonar a barreira policial que impedia a entrada de mais manifestantes.
A ocupação dos aeroportos está a deixar milhares de turistas bloqueados. Para tentar ultrapassar a situação, o Governo está a encaminhar passageiros para a base aérea de U-Tapao.