Última hora

Última hora

ONU prevê recessão global

Em leitura:

ONU prevê recessão global

Tamanho do texto Aa Aa

A recessão, no próximo ano, não deve atingir apenas alguns países ou grupos de países, mas toda a economia global. Quem o diz é o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon.

Se este cenário se confirmar, será a primeira recessão global desde a grande depressão dos anos 30. No entanto, a contracção da economia global não é, para já, uma certeza para a ONU. A ONU prevê três cfenários possíveis: Um crescimento de 1%, uma contracção de 0,4% ou, a melhor de todas as possibilidades, um crescimento de 1,6%. “A crise financeira de hoje vai ser a crise humanitária de amanhã. Os problemas sociais e a instabilidade política vão crescer e vão exacerbar todos os outros problemas”, disse Ban Ki-Moon. Mesmo se se confirmarem as pespectivas mais positivas, o crescimento mundial vai ficar muito abaixo dos 3,8% de 2007, ou dos 2,5% previstos para este ano. Continua a haver uma grande discrepância entre os países industrializados e as economias emergentes. São estes últimos países que devem continuar a ser o motor do crescimento. Enquanto o conjunto das economias desenvolvidas deve ter uma contracção de 1,5%, as nações em desenvolvimento vão crescer 2,7%.