Última hora

Última hora

Israel enterra as vítimas dos atentados de Mombaim

Em leitura:

Israel enterra as vítimas dos atentados de Mombaim

Tamanho do texto Aa Aa

No meio de um mar e de muita emoção Israel prestou homenagem às seis vítimas mortais dos atentados do centro cultural judaico de Mombaim. Milhares de pessoas assistiram às cerimónias religiosas que tiveram lugar em Chabad perto de Telaviv, localidade onde foram depositados os restos mortais da maioria das vítimas de corrente ultra-ortodoxa.

Além da multidão anómina estiveram também presentes os dirigentes políticos israelitas. O chefe de Estado, Shimon Peres, exortou a comunidade internacional “a lutar sem descanso contra o terrorismo”. Os israelitas mostraram-se particularmente chocados pela morte do casal que dirigia o centro, pais de uma criança de dois anos, salva pela ama indiana sendo este o único sobrevivente do ataque ao centro cultural judaico de Mombaim.

Os corpos dos pais do pequeno Moshé, cuja imagem foi repetidamente transmitida pelas televisões israelitas, foram enterrados em Jerusalém no Monte das Oliveiras. As autoridades israelitas atribuiram à ama indiana um passaporte acolheram-na em Israel com a criança logo após os atentados. Israel enviou uma equipa de investigadores à cidade capital económica da India para reunir o máximo de elementos sobre os terroristas.