Última hora

Última hora

Escolha de Hillary Clinton para secretária de Estado desagrada à Rússia

Em leitura:

Escolha de Hillary Clinton para secretária de Estado desagrada à Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia diz que a escolha de Hillary Clinton para chefiar a diplomacia norte-americana não augura nada de bom. Moscovo considera que a adversária de Obama nas primárias vai manter a actual política externa da Casa Branca.

Já os aliados europeus dos Estados Unidos congratulam-se com a decisão do futuro presidente, que anunciou também a manutenção de Robert Gates como Secretário da Defesa.
A França, que falou também em nome da União Europeia, felicitou Clinton. Londres também, numa conferência de imprensa conjunta com a secretária de Estado norte-americana cessante, que elogiou Hillary: “Sei que ela vai acrescentar imensa energia, inteligência e capacidade ao cargo”.

Nas ruas de Nova Iorque, os cidadãos mostram-se divididos quanto à escolha de Barack Obama, que prometeu mudança.

“Acho que ele tomou a decisão certa, independentemente disso, porque a mudança é boa, mas também precisamos de experiência”, diz um nova-iorquino. Outro discorda: “Acho terrível. Não é a mudança que Obama prometeu. Ele foi eleito por causa disso. Hillary não é mudança” A nomeação da mulher do ex-presidente Bill Clinton também foi bem acolhida em Jerusalém, que a considera uma amiga do Estado de Israel e do povo judeu.