Última hora

Última hora

Indianos manifestam-se contra a incapacidade do Governo para prevenir atentados

Em leitura:

Indianos manifestam-se contra a incapacidade do Governo para prevenir atentados

 Indianos manifestam-se contra a incapacidade do Governo para prevenir atentados
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de dez mil indianos manifestaram-se contra os atentados da semana passada e a incapacidade do Governo para preveni-los. As ruas de Bombaim encheram-se de gente, de cartazes a condenar o terrorismo e de palavras de ordem contra os políticos indianos e paquistaneses.

“Se não fizermos alguma coisa agora, nunca faremos nada. Aos políticos, pergunto: ‘O que é que vocês andam a fazer?’ Após o voto, sentam-se descansados e voltam, cinco anos depois, com as promessas de sempre”, disse Sangeeta, habitante de Bombaim.
A secretária de Estado norte-americana reuniu-se, na quarta-feira, com os governantes indianos, para tentar acalmar a tensão entre a Índia e o Paquistão.

“Esperamos que todas as nações responsáveis participem e colaborem para trazer estes agressores à justiça e o Paquistão tem uma responsabilidade especial para fazer isto e fazê-lo de forma transparente, plena e urgente”, apelou Condoleezza Rice.

Enquanto Rice estava na Índia, o chefe das Forças Armadas norte-americanas, Mike Mullen, visitava o Paquistão, de forma a pressionar o país a alargar a campanha contra grupos militantes. A Índia diz que os responsáveis pelos atentados vieram deste Estado vizinho.