Última hora

Última hora

Putin não rejeita voltar à presidência

Em leitura:

Putin não rejeita voltar à presidência

Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin admitiu publicamente a possibilidade de voltar a ocupar a presidência da Rússia. O primeiro-ministro deixa em aberto a hipótese de voltar à chefia do Kremlin, mas apenas no final do mandato de Medvedev.

Declarações feitas após um programa televisivo, que afastam o cenário de eleições antecipadas levantado por alguns quadrantes políticos e analistas. “A Rússia vai ter as próximas eleições presidenciais em 2012 e eu penso que todos devem prosseguir com os seus deveres. Não vale a pena preocupar-nos agora com o que vai acontecer em 2012. Vamos esperar para ver”, concluiu. As declarações marcaram o final de um dia mediático durante o qual Putin teceu comentários optimistas sobre o futuro do país face à crise financeira. O primeiro-ministro russo acrescentou que apesar das previsões da inflação serem maiores do que o esperado, o crescimento da economia em 2008 ficará próximo dos sete por cento. Quanto aos diferendos entre Moscovo e Kiev sobre o fornecimento de gás, Putin não exclui que as tensões entre os dois países possam afectar a distribuição para a Europa, caso a Ucrânia não salde a sua dívida.