Última hora

Última hora

Chineses indignados com a França

Em leitura:

Chineses indignados com a França

Tamanho do texto Aa Aa

O encontro entre Nicolas Sarkozy e o Dalai Lama está a indignar os chineses.

A decisão do presidente Francês em encontrar-se com o líder espiritual tibetano, apesar dos avisos de Pequim, levou alguns a pedir um boicote ao produtos franceses, a começar pela capital.

“O Governo chinês devia tomar uma posição mais firme, pelo menos nós devíamos exprimir a nossa posição alto e bom som. Porque não é apropriado a França receber alguém como o Dalai Lama, afirma um transeunte entzrevistado nas ruas de Pequim.

Os negociantes franceses estabelecidos na cidade olham para os acontecimentos com alguma apreensão e esperam que o mal-estar seja passageiro.

“Tal como aconteceu nos Jogos Olímpicos, houve um impacto imediato. Nós sentimo-lo no negócio, sentimo-lo na relação com os chineses que nos perguntam o que estamos a fazer. Éramos amigos e agora isto acontece?”, desabafa Yann Gaultier, proprietário de um restaurante.

A China é o segundo maior parceiro comercial da União Europeia, logo a seguir aos Estados Unidos, e é também a maior fonte de importações.