Última hora

Última hora

Temporada no La Scala começa sob o signo da polémica

Em leitura:

Temporada no La Scala começa sob o signo da polémica

Tamanho do texto Aa Aa

A temporada lírica no La Scala de Milão começou sob o signo da polémica. O prestigiado teatro italiano estreou este domingo a ópera “Don Carlo” de Verdi”. À ultima da hora, o tenor Guiseppe Filianoti, que tinha o papel principal, foi substituído pelo norte-americano Stuart Neil. A prestação do cantor italiano durante a ante-estreia na quinta-feira não terá convencido a direcção artística que este sábado anunciou a alteração num breve comunicado.

Filianoti afirmou-se traído: “Foi de repente, como uma facada nas costas. Porque razão? O teatro afirma que queria proteger-me. Ainda de acordo com as informações que me deram, havia o risco de ser assobiado. Por isso e como gostam muito de mim, preferiram que eu não cantasse na estreia mesmo que venham a pedir-me para cantar nas récitas seguintes”.

A decisão de substituir o cantor motivou , segundo o director do La Scala, os assobios ao maestro Daniele Gatti no início do segundo acto.