Última hora

Última hora

Islamita libanês condenado a prisão perpétua por tentativa de atentado na Alemanha

Em leitura:

Islamita libanês condenado a prisão perpétua por tentativa de atentado na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Foi com gestos obscenos que um islamita libanês acolheu a sentença do Supremo Tribunal de Dusseldorf, na Alemanha. Os cinco juízes condenaram Youssef Mohamed al-Hajj Dib, de 24, a prisão perpétua por tentativa de atentado.

O réu reconheceu ter colocado bombas nos comboios alemães, mas garante que era apenas para assustar após a publicação das caricaturas de Maomé.

Em Julho de 2006, Youssef e um cúmplice colocaram malas repletas de garrafas de gás em dois comboios que partiam da cidade de Colónia. Foram filmados pelas câmaras de vigilância. As bombas não explodiram devido a problemas técnicos.

Youssef Mohamed al-Hajj Dib foi condenado à revelia no Líbano a prisão perpétua e o alegado cúmplice a 12 anos de prisão.