Última hora

Última hora

Bruxelas faz cedências à Irlanda em troca de novo referendo ao Tratado de Lisboa

Em leitura:

Bruxelas faz cedências à Irlanda em troca de novo referendo ao Tratado de Lisboa

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro dia da cimeira europeia, esta quinta-feira em Bruxelas, correu sem grandes obstáculos a um entendimento entre os 27.

Os líderes europeus chegaram a acordos de princípio sobre um plano comunitário para enfrentar a crise financeira e tentar acabar com o impasse relativo ao Tratado de Lisboa.

Apesar dos protestos às portas do edifício do Conselho Europeu, a Irlanda comprometeu-se a realizar um segundo referendo à reforma das Instituições até ao final de 2009.

Em troca de novo referendo ao tratado, a UE dá garantias jurídicas a quatro exigências antigas de Dublin: que não seja posta em causa a neutralidade militar da Irlanda, bem como a sua autonomia fiscal, a interdição do aborto e, sobretudo, a manutenção do sistema de representatividade de um comissário por cada estado membro.

Quanto à batalha económica, os dirigentes europeus confirmaram o seguimento do plano segundo o qual serão injectados 200 mil milhões de euros para estancar a recessão e estimular a economia. Uma quantia que equivale a 1,5% do Produto Interno Bruto europeu.

O consenso alinhavado esta quinta-feira deverá ser apresentado hoje, no segundo e último dia de trabalhos, sob forma de texto.