Última hora

Última hora

Subida do rio Tibre ameaça alagar Roma

Em leitura:

Subida do rio Tibre ameaça alagar Roma

Tamanho do texto Aa Aa

Roma está à beira de ser invadida pelo rio Tibre. Há dois dias que o presidente da Câmara, Gianni Alemanno, decretou o estado de emergência depois de severas tempestades se terem abatido sobre a região da capital italiana. As inundações já causaram pelo menos um morto, invadiram passagens subterrâneas, e provocaram atrasos nos transportes.

Desde a Segunda Guerra MUndial que o rio que banha a cidade não subia tanto. As águas deverão atingir o seu nível máximo este sábado, pelo que a autoridades aconselharam os residentes a evitarem deslocar-se de carro. A Protecção Civil alerta para a possibilidade de cortes no abastecimento de energia eléctrica e de a torrente fazer transbordar a rede de esgotos romana. O mau tempo, que já fez a água extravasar as margens do rio Arneno, um curso de água menor, nos arredores a nordeste de Roma, deverá prolongar-se pelo fim-de-semana.