Última hora

Última hora

Turquemenistão vota sob o signo da mudança

Em leitura:

Turquemenistão vota sob o signo da mudança

Tamanho do texto Aa Aa

Os eleitores do Turquemenistão votaram para definir o novo parlamento do país, no primeiro escrutínio realizado após a morte do ditador Saparmurat Niazov, em Dezembro de 2006, e com a participação de observadores internacionais.

As eleições legislativas realizam-se depois da aprovação de uma nova Constituição que dissolveu o Conselho do Povo – constituído por 2507 funcionários públicos, deputados e representantes de organizações sociais. A lei fundamental estabeleceu ainda a divisão dos poderes desse órgão entre o Presidente da República, que é actualmente Gurbanguli Berdimukhamedov, e o novo parlamento, que passará a contar com 125 deputados. A nova lei suprema fixa também o pluripartidarismo, o avanço para a economia de mercado, o direito dos cidadãos a uma habitação condigna, e o controlo das riquezas nacionais.