Última hora

Última hora

Montenegro candidata-se à União Europeia

Em leitura:

Montenegro candidata-se à União Europeia

Tamanho do texto Aa Aa

O Montenegro apresentou o pedido formal de candidatura à União Europeia. O anúncio foi feito, esta segunda-feira, pelo primeiro-ministro montenegrino, Milo Djukanovic, após um encontro, em Paris, com o presidente em exercício da União, Nicolas Sarkozy e o comissário para o alargamento, Olli Rehn. O comissário considera que o Montenegro, com os seus 650 mil habitantes, tem feito grandes progressos e que tem um papel construtivo e estabilizador na região dos Balcãs Ocidentais.

A Eslovénia foi o primeiro dos Estados balcânicos a aderir à União Europeia, em 2004. Se o pedido for aceite, o Montenegro junta-se à Croácia e a Macedónia, que já têm estatuto de candidatas. O pedido de candidatura será agora estudado pelos Vinte e Sete e pela Comissão Europeia. A República Checa, que sucede à França na presidência da União Europeia, prometeu acelerar o processo de integração dos países dos Balcãs Ocidentais. O Montenegro tornou-se independente da Sérvia em Junho de 2006 e, no mesmo mês, tornou-se o 192.° país membro das Nações Unidas.