Última hora

Última hora

Grupo xenófobo condenado por inúmeros assassínios

Em leitura:

Grupo xenófobo condenado por inúmeros assassínios

Tamanho do texto Aa Aa

Desfecho judicial de um caso de assassínios em série com motivações racistas. Sete jovens foram condenados por um tribunal de Moscovo a penas de prisão entre os seis e os 20 anos de prisão pelo homicídio de 20 pessoas e tentativa de homicídio de outras 12.

Os 2 líderes do grupo foram castigados com 10 anos atrás das grades, a pena máxima já que por serem menores na altura dos factos, a condenação não foi mais severa. Os crimes ocorreram entre Agosto de 2006 e Outubro de 2007. A pena mais dura foi atribuída um réu de 20 anos. Foi condenado a duas décadas de prisão numa colónia penitencial em regime severo. De acordo com a acusação, os arguidos faziam parte de um grupo organizado com o objectivo de assassinar imigrantes com a pele escura e oriundos das antigas repúblicas soviéticas. A assinatura do grupo sobre as vítimas era uma facada nas costas. Muitos dos crimes foram filmados e o registo publicado na internet.