Última hora

Última hora

África do Sul: COPE elege Lekota como presidente

Em leitura:

África do Sul: COPE elege Lekota como presidente

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo ministro da Defesa da África do Sul e dissidente do ANC, o Congresso Nacional Africano, Mosiuoa Lekota, foi eleito presidente do COPE, a nova formação política O Congresso do Povo.

Lekota, a quem chamam também “Terror” pela agressividade a jogar futebol quando era novo, abandonou o partido no poder em Outubro. Divergências com a direcção do ANC levaram-no a demitir-se e a criar o COPE. Lekota disse no encerramento da primeira conferência nacional que o COPE é o partido do futuro da África do Sul. O novo líder esteve preso entre 1974 e 82 por actos de conspiração contra o regime do “Apartheid”, chefiou a pasta da Defesa em dois governos de Thabo Mbeki. O COPE concorre nas eleições do ano que vem e pretende destronar o ANC. Segundo os responsáveis, estão inscritos quase 500 mil militantes. Os líderes do Congresso do Povo acusam o Congresso Nacional Africano de trair os princípios do movimento de libertação pois a liberdade de pensamento foi suprimida através da destituição de todos os membros que tenham opiniões contrárias a Thabo MBeki, o presidente do partido.