Última hora

Última hora

Polícia espanhola deteve mais quatro alegados membros da ETA

Em leitura:

Polícia espanhola deteve mais quatro alegados membros da ETA

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia espanhola deteve esta noite quatro alegados membros da ETA. As duas mulheres e os dois homens são suspeitos de pertencerem a um comando responsável pela recolha de informações para futuros atentados. As detenções ocorreram na cidade basca de San Sebastian e numa aldeia vizinha. As autoridades realizaram buscas em três habitações. Este é mais um dos ataques levados a cabo nos últimos seis meses pelas autoridades espanholas e francesas contra a ETA.

Em meados de Novembro foi detido, em França, o líder militar, “Txeroki”. Há uma semana foi a vez do sucessor, “Gurbitz”. Ambos fazem parte da ala dura da ETA. Foi também desmantelada uma rede de cinco pessoas que facilitava a protecção e a fuga de aterras para França. As detenções desta noite estarão ligadas à prisão de Javier López Peña, conhecido como “Thierry” e como chefe político da organização. Está detido desde Maio. Em 40 anos de actividade, a ETA matou mais de 800 pessoas. A última vítima foi Ignacio Uria Mendizabal, um empresário basco de 71 anos, abatido a 3 de Dezembro perto de San Sebastian.