Última hora

Última hora

Desentendimento entre condutores está na causa do acidente mortal

Em leitura:

Desentendimento entre condutores está na causa do acidente mortal

Tamanho do texto Aa Aa

Em Israel, uma discussão entre 2 condutores de autocarros de passageiros, continuou numa corrida louca que terminou com um acidente que matou pelo menos 24 pessoas, na maioria russos. Após uma tentativa de ultrapassagem perigosa numa curva apertada duma estrada no deserto do Negev, um dos autocarros caiu por uma ravina fazendo pelo menos 24 mortos e mais de 20 feridos graves.

O ministro dos Transportes de Israel deslocou-se ao local do acidente e explicou as causas da tragédia: “Os condutores encontraram-se num posto de controlo e começaram a discutir. Mal partiram começaram a tentar ultrapassar-se mutuamente. A polícia vai investigar o que aconteceu entre o momento que chegaram à curva e o terrível acidente na ravina”. O sinistro ocorreu no deserto do Negev, na estrada que liga o aeroporto de Ovda à estação balnear de Eilat, no Mar Vermelho. O condutor do autocarro acidentado tem no currículo 22 infracções ao código da estrada, segundo informou a rádio militar israelita. As vítimas eram agentes de viagens russos que vinham de São Petersburgo para estudar as condições de alojamento na estação balnear de Eilat, muito procurada nesta época por turistas russos desejosos de fugir aos rigores do inverno, agora que já não necessitam de visto para entrar em Israel. Helicópteros e aviões militares, bem como ambulâncias participaram na evacuação dos feridos para o hospital. Antes deste sinistro já tinham morrido em Israel este ano mais de 50 pessoas em acidentes com autocarros.