Última hora

Última hora

EUA retiram apoio a governo de união nacional no Zimbabué

Em leitura:

EUA retiram apoio a governo de união nacional no Zimbabué

Tamanho do texto Aa Aa

É a resposta de Washington às ultimas declarações de Robert Mugabe.

Os Estados Unidos decidiram retirar o apoio a um governo de união nacional, enquanto Mugabe não abandonar o poder. Um anúncio que em termos práticos implica a suspensão das negociações para o perdão da dívida de 1,2 mil milhões de dólares ao Zimbabué. A secretária de Estado adjunta dos Assuntos Africanos norte-americana afirma que “Robert Mugabe é um entrave ao progresso e devia demitir-se porque o seu tempo acabou. Jendayi Frazer considera que o acordo para a partilha de poder deve ser implementado, mas com uma pessoas que não Robert Mugabe como presidente.” Em Setembro, o principal líder da oposição e Mugabe assinaram um acordo para a formação de um governo de união nacional. Mas as divergências no que toca à atribuição dos ministérios impediram que saísse do papel. Apesar da grave crise económica e do surto de cólera – que já provocou mais de 1000 mortos -o homem que governa o Zimbabué há 28 anos insiste em permanecer no poder.