Última hora

Última hora

Grupo de militares tenta golpe de Estado na Guiné

Em leitura:

Grupo de militares tenta golpe de Estado na Guiné

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Assembleia Nacional da Guiné Conacri, Aboubacar Somparé, acusou uma minoria de soldados e oficiais de tentarem tomar o poder à força, após a morte do presidente.

Mas Somparé garantiu que a maioria dos militares são “leais” e exprimiu o desejo de uma transição pacífica. Nas ruas da capital a situação permanecia calma ao início da tarde. Esta manhã, um capitão guineense anunciou na rádio estatal a “dissolução do governo, das instituições republicanas e da Constituição”, poucas horas depois da morte do chefe de estado. Lansana Conté faleceu esta segunda-feira à noite aos 74 anos, na sequência de doença prolongada. Militar de carreira, chegou ao poder em 1984, após um golpe de Estado.