Última hora

Última hora

Financeiro francês suicidou-se em Nova York

Em leitura:

Financeiro francês suicidou-se em Nova York

Tamanho do texto Aa Aa

A fraude de Bernard Madoff já provocou um suicídio – o do financeiro francês Thierry Magon de Villehuchet, fundador da Acess International.

Villehuchet foi encontrado morto, no 22 andar do 509 da Avenida Madison, no coração de Manhatan, em Nova York Fonte anónima ligada à investigação diz que o executivo francês, de 65 anos, cortou as veias, depois de ter injerido elevadas quantidades de sonoríferos. É a primeira vítima mortal conhecida da fraude de Bernard Madoff, a maior da história. Madoff encontra-se em prisão domiciliária, controlado por pulseira electrónica. A Acess Internacional atraía capitais europeus que depois confiava à empresa de Madoff Fontes próximas dizem que, na última semana, Villehuchet só pensava em recuperar o dinheiro dos seus depositantes e ponderava mesmo agir judicialmente contra a SEC, o organismo federal que regula os mercados financeiros e garante a segurança dos depósitos. Calcula-se que a Acess International terá confiado a Madoff 1,4 mil milhões de dolares. Mas há outras vítimas. Por exemplo o espanhol Santander que para lá canalizou 2,33 mil milhões. As autoridades estimam que a burla atinja os 50 mil milhões de dolares.