Última hora

Última hora

Papa e Patriarca de Jerusalém apelam à paz entre israelitas e palestinianos

Em leitura:

Papa e Patriarca de Jerusalém apelam à paz entre israelitas e palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

O Médio Oriente teve lugar de destaque na missa de Natal no Vaticano.

Diante de milhares de fiéis reunidos na Basílica de São Pedro, Bento XVI exprimiu o desejo de que “a paz chegue a Belém” e apelou ao “fim do ódio e da violência” no território que viu nascer Jesus Cristo. Fontes israelitas e palestinianas já anunciaram uma visita do Papa à “Terra Santa”, prevista para Maio do próximo ano, mas a informação ainda não foi confirmada pelo Vaticano. Durante a homilia, Bento XVI exortou à compreensão mútua entre israelitas e palestinianos: “Pensemos num lugar chamado Belém, numa terra onde viveu Jesus e que ele tanto amou. E rezemos para que aí seja estabelecida a paz, para que cesse o ódio e a violência. Rezemos pela compreensão mútua, para que se abram os corações e as fronteiras.” Na Igreja de Santa Catarina em Belém, na Cisjordânia, o Patriarca de Jerusalém conduziu uma homilia também centrada num apelo à paz. Durante o dia, a cidade viu chegar milhares de peregrinos, que se concentraram junto à basílica da Natividade. A tradicional missa da Meia Noite em Belém contou mais uma vez com a presença do presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, entre outras personalidades.