Última hora

Última hora

Primeiro-ministro da Guiné-Conacri chega a campo militar

Em leitura:

Primeiro-ministro da Guiné-Conacri chega a campo militar

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro e vários membros do governo da Guiné Conacri encontram-se num campo militar da capital, tal como exigiam os golpistas.

O auto-proclamado Conselho Nacional para a Democracia e o Desenvolvimento reclamou durante a noite de ontem uma rendição no prazo de 24 horas.

Em declarações à imprensa, o líder dos golpistas, o capitão Moussa Camara, afirmou-se convencido de ser já o presidente da República.

O golpe foi desencadeado após a morte do presidente Lansana Conté que governou o país com mão de ferro durante 24 anos também na sequência de um golpe de Estado.

Um cidadão guineense afirmou que é” favorável aos militares se eles respeitarem o calendário e organizarem eleições após a transição”.

Nas ruas da capital, a população juntou-se aos rebeldes que se aproximaram esta quarta-feira do palácio presidencial.